AJUDA / SUGESTÕES

?

Precisa de ajuda?
Tem ideias ou sugestões?

O projeto FAZ SENTIDO é aberto e colaborativo, a sua particição é essencial para todos nós!

Crie sua trilha!

Crie uma Trilha para a sua rede dentro da plataforma FAZ SENTIDO e gerencie por aqui todos os passos do processo de redesenho do ensino fundamental II. Após o cadastro, você poderá convidar parceiros para acompanhá-lo neste percurso. Importante: cada usuário pode participar de apenas uma Trilha. Boa jornada!

Política de compartilhamento

A plataforma FAZ SENTIDO tem como objetivo contribuir com redes de ensino, escolas e professores para construir um ensino fundamental II mais conectado com as características, o contexto, as necessidades e os interesses dos adolescentes do século XXI.

Todos os conteúdos disponibilizados na plataforma estão licenciados em Creative Commons e podem ser publicados em partes ou na íntegra por terceiros. A FAZ SENTIDO apenas sugere que se faça referência à fonte, mas não há obrigatoriedade.

As imagens de autoria da FAZ SENTIDO, assim creditadas no site, seguem o mesmo princípio. Podem ser replicadas e remixadas por terceiros e publicadas com o crédito original da equipe.

Colaboradores que, voluntariamente, enviarem conteúdos (imagens, práticas, recomendações, experiências, sugestões, comentários, dentre outros) para a plataforma concordam, automaticamente, em disponibilizar os materiais de sua autoria no mesmo tipo de licença Creative Commons.

Estamos sempre à disposição para colaborar e esclarecer dúvidas.

Aproveitem!

Compartilhe suas sugestões



Caso você não queira preencher todos os campos ou deseje enviar anexos, escreva para contato@fazsentido.org.br.

Ao compartilhar conteúdos pela plataforma FAZ SENTIDO, você automaticamente concorda em licenciá-los em Creative Commons, para que possam ser multiplicados por terceiros.

Os conteúdos compartilhados por aqui passarão pelo olhar de uma equipe, para garantir que estejam de acordo com o formato da plataforma.

Recomendação
#Gestao #GestaoEscolar
Cargos e funções

A clareza nas atribuições dos cargos evita que papeis fiquem esquecidos no cotidiano escolar

COMPARTILHAR

FAVORITO

Por favor, faça login para favoritar.

IMPRIMIR

EXPLICAÇÃO

São muitos os focos de trabalho na condução de uma escola: fazer a gestão pedagógica, fortalecer o vínculo com a comunidade, lidar com recursos financeiros e materiais, nutrir o relacionamento com a Secretaria de Educação, promover a formação continuada dos professores…

Neste contexto, a falta de clareza nas atribuições dos cargos pode fazer com que papeis se confundam, se invertam e, não raro, fiquem esquecidos no cotidiano escolar. Quando a definição das funções é vaga e deixa margem para dúvidas, é comum, por exemplo, que o coordenador pedagógico passe a atuar como um secretário da direção, ou mesmo como vice-diretor – o que compromete sua função primordial de identificar as necessidades dos professores e, com eles, encontrar soluções que priorizem um trabalho educacional de qualidade.

Assim como fornecer condições plenas para que todos possam trabalhar com qualidade, definir as atribuições de cada cargo e garantir que elas sejam de conhecimento de todos é fundamental para uma boa gestão.

REFERÊNCIA

Nova Escola, edição Gestão Escolar – Estudos e Pesquisas.